O lugar da candeia


Por Nonato Souza
Ministério AD Minha Esperança - compromisso com a Palavra.


"Também lhes disse: Vem, porventura, a candeia para ser posta debaixo do alqueire ou da cama? Não vem, antes, para ser colocada no velador?" (Mc 4.21).

A candeia é conhecida como uma pequena vasilha de barro com bico para segurar um pavio, contendo óleo que serve como combustível. Para trazer maior iluminação era colocada no velador, uma espécie de prateleira presa à parede, isto nas casas mais humildes. Nas casas mais abastadas eram pedestais ornamentados.
Jesus ensinou que a candeia deve ser colocada no velador para que possa iluminar. No seu discurso enfatizou ainda sobre a candeia debaixo do alqueire e da cama, ensinando que estes não eram lugares próprios onde se deveria colocar a candeia.
O objetivo da candeia era iluminar e, debaixo do alqueire (uma medida de cerca de 9 litros), ou debaixo da cama (leito no qual um homem doente é carregado), era impossível exercer o seu papel. À semelhança da candeia, o crente foi chamado para ser luz do mundo e resplandecer através do seu testemunho de fé e vida exemplar.
Há muitos cuja luz do seu testemunho e exemplo de vida deixaram de brilhar. O fato é que estão debaixo do alqueire ou da cama. Cristãos desta era, estão completamente envolvidos em uma busca exagerada por bens materiais, posição social e reconhecimento, que se esquecem de glorificar a Deus com suas vidas. Estão tão envolvidos com este presente século a ponto de não mais conseguirem avançar em direção ao alvo proposto, o céu.
Outros foram atingidos pelo desânimo, sua luz está debaixo da cama, não conseguem ter alento para engajarem-se numa vida de comunhão com Deus. O desânimo os atingiu a ponto de sentirem-se indispostos a orar, ler a Palavra de Deus ou frequentar normalmente sua congregação.
Há muitos crentes cuja vida espiritual estão a um passo do precipício e outros que já estão despenhadeiro abaixo, não conseguem ter vida cristã autêntica, o que lhes sobrou foi uma vida totalmente sem sabor, é o sal que não tempera, não preserva. Estão escandalizando o Evangelho da cruz de Cristo. É o sal sendo pisado pelos homens. 
Se tua luz ainda brilha o lugar dela não é debaixo do alqueire ou da cama, mas no velador. Todo aquele que foi iluminado pela luz do Evangelho tem a responsabilidade de iluminar os outros pelo testemunho de vida cristã que leva em Cristo Jesus (Mc 4.21-13).

"Assim resplandeça a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem o vosso Pai, que está nos céus" (Mt 5.16).

Pense nisso.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O líder de mocidade e o seu papel na Igreja hoje

“Porque é tempo de buscar o Senhor...”

"Salvai-vos desta geração perversa"