quinta-feira, 18 de agosto de 2011

O Dever de Servir

Por Naeth Lopes
Ao ler a carta de Paulo a Filemon, em meu devocional diário, fui fortalecida pelo Senhor e, gostaria de compartilhar com vocês um pouco do que o Espirito trouxe ao meu coração durante a leitura.
Filemon era um cristão dono de muitos escravos, da cidade de Colossos ( Cl 4.1;Ef 6.5).
Ele era senhor de Onésimo, um escravo que havia fugido, e que agora tinha recebido ao Senhor como se único e suficiente Salvador.
Onésimo conheceu apóstolo Paulo e os dois se tornaram amigos e irmãos em Cristo.
Como Cristão, Onésimo desejava cumprir com suas obrigações espirituais, morais e sociais a fim de proclamar as verdades do evangelho com um bom testemunho. Então Paulo afim de ajudar seu irmão em Cristo, escreve uma carta a Filemon seu patrão, para interceder pela vida de Onésimo pedindo para que ele o aceitasse de volta apesar do prejuízo que provavelmente tinha lhe causado. Sabendo que agora ele não seria apenas um escravo mas um servo que iria cooperar com alegria para o louvor do nome do Senhor Jesus (Cl 3.11).
Então, comecei a pensar sobre o nosso dever de SERVIR.
Onésimo no grego significa "ÚTIL". Ali estava um homem que tinha o ministério de servir, acontece, que ele fugiu, e durante essa fuga ele teve um encontro com o Senhor Jesus. Depois de sua conversão, ele decide então, para o seu senhor, voltando ao centro da vontade de Deus para sua vida.
Ser escravo é diferente de ser servo. O escravo faz por obrigação e o servo por amor. Onésimo não ia deixar de ser escravo pela rei romana, mas agora ele ia voltar com o pensamento de servir melhor ao seu senhor (patrão) Filemon, e o nome do Senhor Jesus seria exaltado na vida dele.
Quando somos restaurados, transformados ou nascemos de novo, podemos cumprir nosso chamado para a salvação e também o nosso dever de crente salvo. Tudo quanto recebemos da parte de Deus, tem como objetivo principal abençoar de alguma forma aqueles que nos rodeiam.
Não pense que os dons dado por Deus a cada um de nós tem como benefício nossa própria vida e ou benefícios pessoais ou particulares. O alvo é sempre glorificar o bendito nome de Jesus e abençoar outras pessoas (Mt.25.14).
Você pode pensar mas eu não tenho nenhum dom, mas com certeza você sabe, você pode, dá um copo de água aquele que está com sede. Por que até mesmo esses pequenos gestos terá uma recompensa no céu para aqueles que o fizerem. "Tende em vós o mesmo sentimento que houve em Cristo Jesus o qual, plenamente a natureza de Deus, não reivindicou o ser igual a Deus, mas pelo contrário, esvaziou-se a si mesmo assumindo a forma de SERVO e tornando-se semelhante aos seres humanos..." (Fl 2.5-7; grifo meu)
Imagine o que diz o texto acima. Jesus sendo Deus, se esvaziou assumindo a posição de servo. Observe, Ele assumiu ser servo.
Se você um dia desejar alguma posição de liderança em primeiro lugar, seja servo. Se você não tiver a humildade de servir, jamais chegará a algum lugar de uma forma decente e verdadeira. Porque até existe aqueles que chegam, mas não permanecem.
Imagine a cena: Jesus, levantando-se da mesa, derramando água em uma bacia e lavando os pés dos discípulos. "Vós me chamais Mestre e Senhor, e dizeis bem, porque eu o sou. Ora, se eu, Senhor e Mestre, vos lavei os pés, vós deveis também também lavar os pés uns dos outros..." (João 13.13-17)
Ele nos deixou o exemplo. Quem sabe você, como eu temos fugindo ao nosso dever de SERVIR, pois para cumprirmos o nosso dever de SERVIR precisamos Dele.
Eu já fugi tantas vezes... mas como Onésimo quero voltar, dessa vez, não como um escravo que faz as coisas por obrigação, mas como servo que reconhece seu chamado e aceita seu legado de ser útil nas mãos do Senhor e assim abençoar de alguma forma aqueles que me cercam.
Que o Espírito Santo nos ajude e interceda junto ao Pai por nós, assim como Paulo intercedeu por Onésimo diante de Filemon.
Até.

Eu =)

Fonte: naeth.blogspot.com

Um comentário:

  1. A paz do Senhor pr. Nonato
    Parabéns pela mensagem, são informações bastante uteis.
    Gostei bastante do texto.
    Deus lhe abençoe.
    Abrçs.
    http://ciencia-religiao.blogspot.com/

    ResponderExcluir