segunda-feira, 22 de agosto de 2011

Evangélicos continuam a crescer no País

Percepção é de que o número de evangélicos dobre na próxima década
Os evangélicos não param de crescer. È o que mostra uma pesquisa inédita do economista Marcelo Neri, da Fundação Getúlio Vargas, com base em dados do IBGE. As informações foram divulgadas neste final de semana pela revista Veja.

Entre 2003 e 2009, houve uma queda de 7,3% entre os que se declaram católicos. Nesse mesmo período, os evangélicos passaram de 17,9% para 20,2% do total de brasileiros. Hoje, portanto, os católicos somam 68,4% da população — o menor porcentual da história (no início dos anos 80, 90% da população era católica).

A pesquisa mostra outra novidade: proporcionalmente, entre os brasileiros católicos há mais homens do que mulheres. É a primeira vez que isso acontece.

Para coibir o crescimento a Igreja Católica divulgará uma nova visita do Papa para janeiro de 2013. O líder papal encontrará o seguinte quadro: o número de católicos no Brasil, que diminuiu aceleradamente nos anos 80 e 90 e se estabilizou no início da década passada, voltou a cair.

A percepção que o número de evangélicos dobrará na próxima década, chegando a 109 milhões, foi tema de um Fórum promovido pela EBF COMUNICAÇÕES, que promove a EXPOCRISTÃ e acontece de 20 a 25 de setembro no Anhembi. Segundo estimativas da Sepal, adiantada no Fórum, os evangélicos representarão 50% da população brasileira.

Fonte: cpadnews / creio

Nenhum comentário:

Postar um comentário