sexta-feira, 3 de junho de 2011

REVESTI-VOS DE TODA A ARMADURA DE DEUS (04)

Pés calçados na preparação do evangelho da paz. “e calçados os pés na preparação do evangelho da paz” (Ef 6.15).
Na armadura antiga, este calçado era de metal, e cobria desde a planta do pé até o joelho (chamava-se Greva), este calçado dava proteção contra pedras pontiagudas, nos desertos ou campos de batalhas (Sl 91.12,13). Estudiosos informam que os soldados usavam uma sandália com cravos pontiagudos, objetivando lhes dar segurança e agilidade em seus movimentos, caminhadas e corridas em lugares escarpados. Matthew Henry informa que o uso desses sapatos tinha o propósito de defender os pés contra armadilhas de escoriações e gravetos afiados que habitualmente eram colocados secretamente no caminho, para obstruir a macha do inimigo.
É interpretado também como sendo a prontidão dos pés para proclamar o evangelho da paz. O Comentário Bíblico Pentecostal, diz: “Entretanto, o argumento de Paulo envolve uma preparação de nossos pés para nos manter firmes na batalha, e não para divulgar o evangelho”. Continua o comentário: “O apóstolo está enfatizando a importância de um seguro sustentáculo ao enfrentar o inimigo. O soldado romano usava sandálias com cravos e travas para que, mesmo em terrenos escorregadios, pudesse manter-se firmemente e apoiado no combate corpo a corpo”. O comentário enfatiza sobre a tradução citada pela versão NIV dizendo: “A NIV traduz corretamente esse verso, dizendo que nossos pés estão “equipados com a prontidão que vem do evangelho da paz. Não é a prontidão para anunciar o evangelho (embora isso seja importante), porém a prontidão para a batalha”.
Matthew Henry diz que a preparação do evangelho da paz não é outra coisa senão “uma disposição de ânimo preparada e resoluta, ou seja, dedicar-se ao evangelho e ficar fiel a ele, o que nos capacita a andar de passos firmes no caminho da fé, apesar das dificuldades e perigos desse caminho”.
E evangelho é capaz de proporcionar a todo o que crê uma vida de paz. Paz com Deus, paz consigo mesmo e com o próximo. Só o evangelho recebido pela fé em Cristo Jesus pode trazer esta paz e desembaraçar o homem de todo tipo de fardo de pecado (Jo 8.32).
“A convicção de está reconciliado com Deus mediante o sangue de Cristo lhe injeta coragem e zelo para pelejar a boa peleja”. Neste tempo de grandes tensões, muita confusão, escândalos e perseguições, Deus não nos deixará deslizar para a descrença, se estivermos calçados. O salmo 73 fala de Asafe que quase desliza os seus pés em meio a tanta confusão.
O cristão calçado desta maneira estará firme e apto a servir e exercer suas funções dentro do corpo de Cristo. E, não estará batalhando com suas próprias forças, mas, como Davi: “Sairá na força do Senhor Deus...” (Sl 71.16). Está escrito: “Eis que vos dei autoridade para pisar serpentes e escorpiões, e sobre toda a força do inimigo, e nada vos fará dano algum” (Lc 10.19). O cristão deve ter o cuidado para que os seus pés nunca venham andar descalços (Jr 2.25), e que sempre estejam prontos para o serviço (1Ts 1.9).
Estamos envolvidos em um grande conflito espiritual contra o diabo e suas hostes. Nosso adversário tem declarado guerra contra o povo de Deus com objetivo de nos destruir. Precisamos resisti-lhe, e resistindo ficar firmes contra suas astutas ciladas. É tempo de calçarmos os nossos pés com o evangelho da paz.
Que o Deus Eterno nos ajude nesta batalha


Pr. Nonato Souza.

2 comentários:

  1. Caro Pr. Nonato
    Graça e Paz!

    Meu Nobre amigo Parabéns pelo seu Blog é exelente. É um prazer ser um seguidor do Mesmo.

    Nos Laços do Calvário

    Gutemberg Maciel

    ResponderExcluir
  2. Obrigado Gutemberg,
    Ter pessoas como vc seguindo o nosso blog é sempre gratificante.
    Um forte abraço.
    Em Cristo, nosso Salvador.

    Pr. Nonato Souza.

    ResponderExcluir