Postagens

Mostrando postagens de 2016

Não se envolva com outro evangelho

Imagem
Por Nonato Souza


“Mas, ainda que nós ou mesmo um anjo vindo do céu vos pregue evangelho que vá além do que vos temos pregado, seja anátema. Assim, como já dissemos, e agora repito, se alguém vos prega evangelho que vá além daquele que recebeste, seja anátema” (Gl 1.8,9).
Ao abraçar a mensagem do Evangelho, esteja certo que se trata de algo suficiente para nós em todas as áreas de nossas vidas.
Alguns não entendendo isto, se tornam entediados pela simplicidade do Evangelho de Cristo e passam a buscar algo mais. Dizem: "Tem que haver algo mais", e começam anunciar um "evangelho" que vai além do que já foi revelado, criando situações embaraçosas onde não existe.
Já no seu tempo Paulo dizia: "Tenho a impressão de que, se alguém aparecer pregando um Jesus diferente do que nós pregamos, em espírito e em mensagem, vocês vão aceitá-lo sem problema. Mas, se vocês aceitam essas celebridades " apostólicas", porque não me aceitam, simples como sou" (2Co 11.4-6…

Assim, perdoai-vos uns aos outros como Cristo vos perdoou

Imagem
Por Nonato Souza

A parábola do credor incompassivo registrada no Texto Sagrado de Mateus 18.23-35 nos ensina lições importantes. Observe que na parábola um certo rei foi ajustar contas com os seus servos. No acerto de contas um servo que devia uma quantidade enorme ao rei, seu senhor, não podendo pagar foi perdoado. O servo saindo dali perdoado, encontrou seu conservo que lhe devia uma pequena quantidade ao qual não foi capaz de perdoar, subjugando-o terrivelmente a ponto de lançá-lo na prisão até que quitasse a dívida.
O senhor rico sabendo o que fizera aquele conservo o chamou a si e o repreendeu fortemente dizendo: "Não devias tu, igualmente ter compaixão do teu companheiro, como eu também tive misericórdia de ti?” Assim, aquele malvado conservo, foi parar nas mãos dos atormentados até que pagasse tudo o que devia.
Penso que o cristão precisa ser cauteloso em administrar o perdão que recebeu do Senhor. Isto porque se fomos perdoados graciosamente quando nos arrependemos, devemos…

Estamos de fato vivendo um verdadeiro avivamento?

Imagem
Nonato Souza

"Oro para que, juntamente com suas gloriosas riquezas, Ele vos fortaleça no âmago do vosso ser, com todo o poder, por meio do Espírito Santo. E que Cristo habite por meio da fé em vosso coração, a fim de que arraigados e fundamentados em amor, vos seja possível, em união com todos os santos, compreender a largura, o comprimento, a altura e a profundidade dessa fraternidade, e, assim, entender o amor de Cristo que excede todo conhecimento, para que sejais preenchidos de toda a plenitude de Deus" (Ef 3.16-19).
O que dizem e pensam alguns sobre avivamento destoa e muito do que ensina a Palavra de Deus sobre este assunto. Primeiro porque avivamento não está nem um pouco relacionado com o que vemos em muitas reuniões elaboradas, criadas com único objetivo de enaltecer o ego de alguns. Avivamento não é fruto de palavras de ordem ou programa bem elaborado. Avivamento é fruto de arrependimento e confissão de pecados. Vem quando nos voltamos para Deus, quando nos dispomos…

O que estamos semeando?

Imagem
Por Nonato Souza.

"... como fizeste, assim se fará contigo; a tua maldade cairá sobre a tua cabeça" (Ob v. 15).

O texto mencionado nos remete a atitude de Edom quando se negou ajudar seu irmão, vizinho Israel, ao passar este, por momentos angustiantes. Os edomitas seriam julgados por Deus devido seu tratamento cruel dado aos seus irmãos em tempo de tragédia e sofrimento. A hostilidade entre estes dois povos foi duradoura. Incidentes profundos entre as duas nações foi aumentando ainda mais essa hostilidade. Quando a nação de Israel avançava para a terra de Canaã guiada por Moisés, foi proibida pelos edomitas de passar por dentro de suas terras tendo que dar uma grande volta para chegar ao seu destino. Quando Jerusalém estava sendo invadida pelos babilônios, os edomitas não deram nenhum socorro aos refugiados judeus que tentavam escapar. O ódio era tanto contra os seus irmãos que ajudaram a capturar os fugitivos e se alegravam com a terrível calamidade que se abateu sobre os j…

Soberba, um mal presente nos arraial dos santos.

Imagem
Por Nonato Souza

"A soberba do teu coração te enganou..." (Ob 1.3,4).

A soberba existe quando alguém procura mostrar-se a si mesmo acima dos outros. No Novo Testamento, quando trabalhada no mau sentido, expressa: arrogância, orgulho, altivo. Alguém desdenhoso que é capaz de depreciar outros. Sentimento contrário à humildade. 
O texto em epígrafe faz referência aos edomitas, descendentes de Esaú, irmão de Jacó. Eram ferrenhos inimigos do povo de Deus, Israel. O seu comportamento altivo levou-o ao fracasso. Eles habitavam numa cordilheira rochosa cuja posição era praticamente impenetrável e inconquistável. Por muito tempo viveram ali, seguros, orgulhando-se de sua capacidade e auto suficiência.
Por seu orgulho, Edom cairia. Deus diz: "dali te derribarei". É sempre assim, o soberbo tem o seu tempo marcado para a queda. "A soberba precede a ruína, e a altivez do espírito precede a queda" (Pv 16.18). Sim, é isso mesmo. O orgulho, a soberba leva o homem ao engan…