sexta-feira, 14 de dezembro de 2012

Práticas que impedem uma vida cristã saudável

Por Nonato Souza


Abandono de certos vícios que impedem o cristão ter vida saudável


Em minhas meditações, algo me chamou atenção no texto de 1 Pedro 2.1.

Por algum momento me detive neste texto analisando de forma mais profunda o mesmo. Fazendo assim, pude entender, o quanto nos envolvemos com certas práticas que são terrivelmente prejudiciais à nossa vida cristã, e que devem ser imediatamente abandonadas. Observe:


"Deixando, pois, toda malícia, e todo engano, e fingimentos, e invejas, e todas as murmurações”.


Veja que o apóstolo cita uma lista de cinco pecados que precisam ser abandonados por aqueles que professam ser possuidores do amor de Deus. Tais pecados devem ser abandonados, por serem inconsistentes com a vida cristã de santidade e o amor. Citando a lista:

"Malícia" > Estar relacionada com a maldade ou fazer o mal ao próximo objetivando levá-lo ao sofrimento. Em muitos casos a malícia pode está oculta por trás de boas ações. Uma pessoa poderá enraizar no coração um profundo sentimento de raiva que culminará em levá-la a planejar e concretizar o mal contra seu próximo;

"Engano" > O termo inclui o que é enganoso, ações compreendidas como dolo. Uma astúcia enganosa ou trapaça objetivando alcançar vantagem sobre outros. Pode-se incluir: falsidade, ardil, sedução, maledicência, traição, etc;

"Fingimentos" > Compreendem atos falsificados ou falsos. Toda pessoa hipócrita finge ser aquilo que não é. De coração dobre (que revela vários sentimentos, segundo o fim que melhor lhe convier) e linguagem mentirosa, são falsos em suas atitudes, pois finge ser ou fazer algo que ele não é ou faz. Como estar no plural, o termo compreende todo o tipo de hipocrisia;

"Invejas" > Têm relação com afligir-se por todo o bem ou bem-estar de alguém. Seja habilidade, prosperidades, fama, ou aquilo no qual seu próximo é bem-sucedido. Esse mal surge de corações descontentes com o desempenho ou reputação de outros. Normalmente, a inveja leva à inimizade;

“Murmurações” > É a calúnia, falar contra os outros pelas costas, difamando-os. Todo murmurador se sente contente em destruir a reputação de outras pessoas através de mentiras, mexericos e falsos rumores.

Esses vícios, se praticados, tem por objetivo destruir a vida espiritual do crente, afastando-o da comunhão com Deus. Todos têm necessidades de ser advertidos contra tais pecados. Estamos propensos a tais práticas que cotidianamente bate à nossa porta querendo leva-nos a pecar contra Deus. Toda prática pecaminosa precisa ser deixada de lado, pois podemos ser atrapalhados em nossa caminhada cristã, bem como nosso bem-estar eterno.

Um esforço no sentido de livrar-se de tais pecados deve ser empreendido por aquele que creu no Senhor Jesus para salvação. "Deixar" no texto, indica uma ação definitiva contra qualquer tipo de pecado, inclusive os acima citados. Que o Senhor nos ajude!


Nenhum comentário:

Postar um comentário