Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2012

A família na época pós-moderna

Imagem
Por Rev. Hernandes Dias Lopes
A pós-modernidade está firmada sobre o tripé: pluralização, privatização e secularização. A pluralização diz que há muitas ideias, muitos valores, muitas crenças. Não existe uma verdade absoluta, tudo é relativo. A privatização diz que nossas escolhas são soberanas e cada um tem sua própria verdade. A secularização, por sua vez, coloca Deus na lateral da vida e o reduz apenas aos recintos sagrados. A família está nesse fogo cruzado. Caminha nessa estrada juncada de perigos, ouvindo muitas vozes, tendo à sua frente muitas bifurcações morais. Que atitude tomar? Que escolhas fazer para não perder sua identidade? Quero sugerir algumas decisões:

Em primeiro lugar, coloque Deus acima das pessoas. No mundo temos Deus, pessoas e coisas. Vivemos numa sociedade que se esquece de Deus, ama as coisas e usa as pessoas. Devemos, porém, adorar a Deus, amar as pessoas e usar as coisas. A família pós-moderna tem valorizado mais as coisas do que o relacionamento com Deus. V…

O princípio do amor

Imagem
Por: Rev. Martorelli Dantas
"Mulher, onde estão eles? Não ficou ninguém para te condenar? Nem Eu tampouco te condeno. Vai e não peques mais.”. (João 8.11)

Com estas palavras Jesus despediu uma mulher trazida até a Sua presença por fariseus e mestres da lei no pátio do Templo. Este encontro, registrado no capítulo oito de João, é fonte de muitas lições sobre uma espiritualidade fundamentada no Princípio do Amor, manifesto através de atos de compreensão e misericórdia.

Quando a mulher chegou até a presença de Jesus, já estava sentenciada e praticamente executada. Os homens que a levaram àquela situação queriam apenas usá-la para incriminar Jesus por Suas próprias palavras. E como Ele age?

Primeiro, ignora a chegada dos religiosos, sempre tão prestigiados pela população em geral. É necessário que insistam muito para que Jesus dirija-lhes a palavra. É como se Ele estivesse dizendo que aquele tipo de pessoa não lhe atraía – hodiernamente, correspondem exatamente aos representantes e…

Meditação em Efésios 5.3-5

Imagem
Por Pr. Nonato Souza
"Sede imitadores de Deus, [...] andai em amor, como também Cristo vos amou [...]. Mas a prostituição e toda impureza ou avareza nem ainda se nomeiem entre vós, como convém a santos";
"nem torpeza, nem parvoíces, nem chocarrices, que não convém; mas, antes, ações de graças". Porque bem sabeis que nenhum fornicador, ou impuro, ou avarento, o qual é idólatra, tem herança no Reino de Cristo e de Deus" (Ef 5.3,4,5).

Aqui, Paulo cita uma lista de pecados que são graves e prejudiciais á vida cristã. Na verdade Paulo vê nesses pecados a perversão do amor, o inverso do amor de Cristo. É bom definir os termos.

Fornicação (gr. porneia). É todo tipo de imoralidade e perversão sexual, incluindo ainda relações sexuais ilícitas

Impureza (gr. akattharsia). Está em foco aqui a impureza e imundície relacionada à porneia, não apenas em atos, mas também em palavras, pensamentos, intenções do coração, desejos e paixões.

Avareza (gr. pleonexia). Uma referência a d…