sexta-feira, 24 de junho de 2011

REVESTI-VOS DE TODA A ARMADURA DE DEUS (06)

O Capacete da Salvação (Ef 6.17). “Tomai também o capacete da salvação” (Ef 6.17).
O capacete ou elmo era feito de couro e latão, ou, algumas vezes, bronze e ferro. Nenhuma espada conseguia penetrar em um bom capacete. Somos advertidos a tomar, “tomai” (gr. dexasthe), o capacete da nossa salvação. Segundo estudiosos o termo “tomai” deveria ser traduzido por “recebei”. “Recebam a salvação como capacete” (v.17 NTLH).
O capacete foi desenvolvido para trazer proteção para a cabeça que é parte vital do corpo. Uma boa parte de nossas batalhas na guerra espiritual se desenvolve na nossa mente. Só teremos libertação e vitória, neste complexo campo de batalha sobre os espíritos malignos, se tivermos em vigilância constante sobre nossa mente.
O Espírito Santo usa essa figura para mostrar ao crente a proteção que ele tem na esperança da salvação. Da mesma forma como Cristo se equipou para a batalha deve o cristão está equipado (Is 59.17). Champlin diz que este simbolismo é apropriado para mostrar a salvação e a presença inteira do Espírito Santo, conforme se entende através da teologia paulina. Pois um homem não toma e se veste dessas realidades espirituais; antes, recebe-as da parte de Deus. Isso é assim porque a salvação é um “dom gratuito” recebido da parte do Senhor Deus (Champlin. Pg. 647 vl 4).
“Quando o inimigo, o diabo (1Pe 5.8), procura devorar e destruir o povo de Deus, com pensamentos tolos ou pecaminosos, tentando fazer com que duvidemos da nossa salvação, nós podemos confiar na proteção do elmo” (Comentário do Novo Testamento Aplicação Pessoal. Vol. 02).
“A salvação que recebemos de Deus é nossa maior proteção de todos os ideais que valem a pena na vida humana” (Beacon), e será consumada quando Cristo vier buscar os que lhe pertencem. Salvos temos a garantia de que os nossos pensamentos estarão protegidos e podemos resistir a todas investidas de Satanás.
Sabendo, ser nossa mente um campo bastante perigoso, e que precisa ser constantemente protegida (Fp 4.7), tomemos posse do capacete como “a esperança da nossa salvação”.


Pr. Nonato Souza.

Nenhum comentário:

Postar um comentário