sexta-feira, 29 de outubro de 2010

O DEUS QUE PROVER (JEOVÁ JIREH)


O texto tomado para basearmos esta palavra é João 5.1-9. Que Deus é provedor das necessidades dos seres humanos, temos conhecimento. Ele é a nossa provisão sempre. No texto em apreço, vemos Deus trabalhando em favor daqueles que buscavam um milagre à beira do tanque chamada Betesda. A Bíblia diz acerca deste acontecimento: “Ora, existe em Jerusalém, próximo à porta das ovelhas, um tanque, chamado em hebraico Betesda, o qual tem cinco pavilhões. Neste jazia grande multidão de enfermos, cegos, coxos e paralíticos (esperando o movimento das águas. Um anjo descia em certo tempo, e agitava a água. O primeiro que entrasse no tanque, depois do movimento da água, sarava de qualquer doença que tivesse).”

A provisão de Deus (Jo 5.4).

Um tanque com cinco alpendres, que em hebreu se chama Betesda (Casa de misericórdia) (v.2);
Um tanque que ficava bem próximo à Porta das Ovelhas (esta porta foi edificada Pelo sumo sacerdote Eliasibe e seus irmãos (Ed 3.1) (v.2);
Por ordem divina, um anjo descia em certo tempo e agitava a água do tanque, objetivando a cura de alguém, que porventura, ali descesse (v.3);
O primeiro que ali descesse era curado de qualquer enfermidade (v.4).

A impossibilidade do homem.

Enfermo há 38 anos. Quanto tempo! Dentro de uma visão humana, um homem incapaz (v.5);
Como só era curado o que descia primeiro na água, aquele homem por sua impossibilidade, certamente estava ali há muito tempo (v.5);
Este moço certamente estava fadado a continuar ali por muitos e muitos anos. Ele certamente não tinha perspectiva de receber o milagre algum dia;
A menos que alguém o ajudasse, e essa ajuda chegou (v.6).

A compaixão de Jesus.

Jesus soube em primeiro lugar do estado daquele homem, que há muito tempo estava assim, enfermo e impossibilitado de ser curado, pois não tinha como entrar no tanque (.6);
Faz-lhe uma pergunta que parece ser o obvio no entendimento daquele sofrido homem doente (v.6);
O homem então, lhe mostra sua dificuldade. “Senhor, não tenho homem algum que, quando a água é agitada, me coloque no tanque; mas, enquanto eu vou, desce outro antes de mim” (v.7);
Jesus, então, numa ação misericordiosa dar uma ordem ao homem dizendo: “Levanta-te, toma tua cama e anda” (v. 8);
Imediatamente o homem ficou são, tomou a sua cama e partiu (v.9).

A incapacidade do homem de salvar-se. Só em Jesus há salvação.

É certo que o homem tem caído da graça de Deus (Rm 3.23);
Está totalmente impossibilitado de salvar-se por suas obras ou por seus esforços (Ef 2.8);
Em todo tempo Deus proveu ao homem um escape. Para Adão proveu vestimentas quando estava despido (Gn 2.27); Para Noé escapar das turbulentas águas do dilúvio, proveu uma arca; para Ló um monte onde pudesse escapar da iminente destruição; para a humanidade Deus proveu seu Filho, que deu sua vida no Calvário para nos salvar (Jo 3.16). Aleluia!
Só em Jesus, poderá o homem, alcançar salvação (Is 45.22;At 4.12).

Conclusão: Desde o principio, com a queda do homem, este ficou impossibilitado de alcançar a salvação. Deus em seu Filho proveu para nós o plano da salvação, a qual o homem poderá alcançar crendo no Senhor Jesus e aceitando-o como salvador pessoal (Rm 10.13).

Pr. Nonato Souza

Nenhum comentário:

Postar um comentário