sábado, 11 de julho de 2009

FALEMOS A VERDADE


O texto de efésios 6.14, enfatiza que o crente deve está envolvido com a verdade. “Estai, pois, firmes, tendo cingidos os vossos lombos com a verdade” (Ef 6.14).
Um guerreiro dos tempos antigos era cingido com uma cinta de couro, que tinha a finalidade de segurar a túnica do soldado para que esta permanecesse presa durante a luta, ajudando também a proteger o corpo e mantendo a espada em seu lugar. Na luta espiritual a verdade também compõe com extraordinária precisão a armadura de Deus. Na guerra espiritual devemos está cingidos pela verdade no falar e no comportamento. A falsidade ou a falta de integridade expõe o crente diretamente ao inimigo. “Quando o soldado cristão se cinge com a verdade, no sentido paulino, ele se apropria da Palavra pela fé. Isto dá segurança, estabilidade e determinação a sua vida e ações. Assim, ele não só tem sabedoria e entendimento, mas também vive em verdade” (Beacon). O crente, pertence à verdade. Nós somos povo da verdade (Ex 18.21); somos salvos pela verdade (Jo 14.6), e gerados pela palavra da verdade (Tg 1.18). Todo cristão compromissado com a Palavra de Deus tem sua vida dominada pela verdade, anda na verdade e fala a verdade (3Jo v.4; Ef 4.25). Em contraste com a verdade está a mentira, acerca da qual a Bíblia diz que: a) é proibida (Lv 19.11; Cl 3.9); b) é odiada por Deus (Pv 6.16-19); c) é abominável para Deus (Pv 12.22); d) é um obstáculo à oração (Is 59.2,3); e) o diabo é seu pai (Jo 8.54); f) o diabo é excitador da mesma (1Rs 22.22); g) os santos a odeiam (Sl 119.163; Pv 13.5). Como tem sido difícil para os cristãos sinceros nestes últimos dias! Uma verdadeira guerra pela verdade tem sido desencadeada dentro das igrejas por aqueles que prezam pela verdadeira doutrina e ensinamentos cristãos. Alguns aventureiros têm surgido por ai pregando heresias de perdição, contaminando às nossas igrejas, e o que me trás admiração é que, são recebidos em nossos púlpitos como verdadeiros heróis, enquanto solapam a fé dos santos. A mentira está em voga em nossos dias, crentes em geral, pregadores e cantores que deveriam falar cantar as verdades de Deus, falam testemunhos mentirosos, pensando estarem com isso, galgando algo de bem para suas vidas. É bom que esses tais saibam, que o Senhor da Igreja um dia os chamará a prestar contas de todas as suas ações (Jr 17.10; 32.19). Viver, andar e falar a verdade deve ser o lema de todo aquele que almeja chegar ao céu. Leia e medite no Salmo 15,1-5. Que o Senhor no ajude.
Pr. Nonato Souza.

Nenhum comentário:

Postar um comentário